SEO – CKECKLIST – Ações a serem executadas em todas as etapas de desenvolvimento com produção de conteúdo.

Pessoal,

CKECKLIST SEO – Ações a serem executadas em todas as etapas de desenvolvimento com produção de conteúdo.

 

On-Page básico via plugin Yoast > Aplicar meta tags: title + h1 + description + URLs canônicos em todas as páginas. Aplicar tag ALT (texto alternativo) em todas as imagens e nome amigável do arquivo conforme documento de conteúdo das páginas a ser enviado.  Criar sitemap.xml e bloquear no robots.txt a página de pesquisa do Blog.

Otimização das imagens, favor seguir essa recomendação do Google

Avaliar a qualidade e tentar manter esse padrão: até 720p e até 80 kb.

Seguir esse formato recomendado pelo Google: Formatos de imagem como JPEG 2000, JPEG XR e WebP geralmente resultam em uma compactação melhor em comparação a PNG ou JPEG, o que significa downloads mais rápidos e menor consumo de dados.

Dados Estruturados >  Precisamos criar marcações como sitelinks de algumas categorias do site como blog e serviços, para indicar ao Google a marcação na página de pesquisa (SERP). Criar breadcrumbs (trilhas de navegação) das páginas internas via marcação schema. Pelo Plugin Yoast é possível inserir algumas marcações como empresa e logotipo. Mas o correto é usar essa documentação e ferramentas, incluindo marcação para Google Assistente (pesquisa de voz):

 

Marcações mais usuais para sites corporativos:

– Organização

  • Nome
  • Endereço
  • Logo
  • Links de perfis sociais

– Sitelinks

– Breadcrumb

Mais informações em:

https://schema.org/

https://www.google.com/webmasters/markup-helper/u/0/

Speakable (BETA) – marcação de dados para pesquisa de voz

https://developers.google.com/search/docs/data-types/speakable?hl=pt-br

 

Redirecionamento > Configurar plugin para redirecionamento 301, e aplicar para situações como entradas duplicadas na home (sem www, com www, letras maiúsculas).

Personalizar página de erro 404 à  Página com alguma imagem bacana e link para retorno à homepage.

Sitemap.xml e Robots.txt. > Criar arquivos via Yoast, bloquear no Sitemap a divulgação aos mecanismos de busca de páginas como categorias e tags do WP. Bloquear no Robots.txt conteúdos não indexáveis como Página de Pesquisa do Blog, Admin WP, por exemplo. Inserir sitemap.xml no robots.txt

 

Performance + otimização da hospedagem > Após a finalização da etapa de desenvolvimento vamos validar por meio dessas ferramentas, que indicam eventuais correções técnicas.

 

https://www.webpagetest.org/

https://testmysite.thinkwithgoogle.com/intl/pt-br

https://developers.google.com/speed/pagespeed/insights/?hl=pt-BR

https://search.google.com/test/mobile-friendly

 

Lista de plugins WP recomendados

Favor instalar e configurar

Contact Form 7 com reCAPTCHA (formulários)

Yoast SEO

Akismet

WP Super Cache ou wp total cache (recomendado para uso de CDN).

WP-Optimize limpeza de banco de dados no WP.

WP Smush.it

Disqus Comment System Blog.

Rock Convert – CTAs para o Blog

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

REVISÃO GERAL PARA O PROJETO COBRIR BOAS PRÁTICAS DE OTIMIZAÇÃO (GOOGLE)

 

  • Arquitetura

 

Seguir categorização do site e arquitetura do site conforme briefing do fluxo de navegação com categorias e subcategorias.

 

  • Página de erro 404 personalizada

Configurar página de erro 404 amigável e personalizada.

 

  • Linkagem Interna (relacionamento entre as páginas)

As páginas devem linkar entre si por meio de textos clicáveis, imagens e botões de CTA (chamada para ação). Componentes do briefing de conteúdo a ser entregue para desenvolvimento.

A página inicial precisa ter conteúdo distribuído para linkar com as páginas mais importantes do site.

O link do logo do site deve linkar para a versão correta da página inicial.

 

  • URLs

 

Trabalhar com URLs  amigáveis conforme briefing

As versões de URLs com letras maiúsculas e minúsculas devem retornar com status 200 para a preferencial canônica.

 

Possibilidade de acessar o site com ou sem www, caso positivo precisa aplicar redirecionamento 301 para a preferencial com tag canônica.

 

Problemas que geram duplicidade de páginas a serem evitados

 

  • Versões de URLs com letras maiúsculas e minúsculas retornam 302 em vez de 301 com rel=canonical indicando para a URL principal.
  • Ausência de canonical e redirect 301 também para acessos com ou sem www
  • Essa aplicação também precisa ser feita para possibilidades de acessar a página inicial com index.php, index.html, Default.asp, Default.aspx
  • Parâmetros de identificação na URL (filtros) sem bloqueios de indexação (noindex)
  • Redirect de http para https com 302 em vez de 301 com rel=canonical indicando para a URL principal.
  • Páginas de resultados de busca sem bloqueio (noindex) no Robots.txt
  • Links internos quebrados com erro soft 404, sem retorno 404

 

  • txt

 

Precisa criar um arquivo robots.txt para bloquear para visita dos mecanismos de pesquisa durante a fase de desenvolvimento. Depois do site pronto precisa desabilitar o bloqueio geral e bloquear páginas do site que não precisam (devem) ser indexadas pelo Google, como o admin do WP, filtros de produtos em páginas de categoria e a página de pesquisa do Blog, por exemplo.

 

  • Sitemap (XML e HTML)

 

Depois de todas as páginas prontas com seus URLs é preciso criar um  sitemap.xml e enviar ao Google pelo Google Search Console e Bing. Precisa colocar o sitemap no arquivo robots.txt.

 

 

  • Imagens

 

Todas as imagens devem possuir ALT text (texto descritivo nas imagens com palavras-chave).

Avaliar a qualidade e tentar manter esse padrão: até 720p e até 80 kb.

Seguir esse formato recomendado pelo Google: Formatos de imagem como JPEG 2000, JPEG XR e WebP geralmente resultam em uma compactação melhor em comparação a PNG ou JPEG, o que significa downloads mais rápidos e menor consumo de dados.

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Rich Snippet (marcações ricas nas páginas de pesquisa)

Sugiro aplicar as marcações mais usuais para sites corporativos como:

– Organização

  • Nome
  • Endereço
  • Logo
  • Links de perfis sociais

– Sitelinks

– Breadcrumb

 

Mais informações em:

http://schema.org/

 

https://support.google.com/webmasters/search?q=dados+estruturados&from_promoted_search=true

 

 

 

 

 

 

  • DEVE-SE USAR HTTPS EM VEZ DE HTTP

 

  • Atenção

 

Website com carregamento ideal deve ficar entre 3s a 5s.  Tempo de carregamento é um dos principais fatores de classificação do Google e afeta negativamente a performance de uma loja virtual.

Boa parte das correções podem ser feitas com a otimização de imagens, eliminação de js, uso moderado de plugins, scripts, widgets, além de aplicações no servidor para aproveitamento de cache, GZip, entre outras ações.

 

  • ITENS A SEREM CHECADOS APÓS DESENVOLVIMENTO PARA PERFORMANCE
  • Otimização/minificação de códigos
  • Configurações no servidor de DNS
  • Configurações no servidor web
  • GZip (compressão)
  • Cache (servidor e navegador)
  • Tempo de resposta do servidor de hospedagem (TTFB)

Leave a Replay

Sobre a Solution Marketing

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Saiba mais...

Curta @Solution.Marketing

Compatilhe essa idéia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Assine nossa newsletter e fique por dentro.