CLOUDFARE – GUIA PARA CONFIGURAÇÃO

GUIA PARA CONFIGURAÇÃO CLOUDFLARE

 

 

  • Configurar CDN CloudFlare com CNAME, conforme essas recomendações:

 

Se você estiver usando o WordPress, é fácil configurar um CDN . Inscreva-se no CDN escolhido (CloudFlare), siga as instruções e use um plug-in como o W3 Total Cache , o CDN Enabler  ou o WP Rocket  para ativar o CDN em seu site. É simples assim.

Ainda assim, é importante notar que o seu CDN terá um URL como xyz.cdnprovider.com.

Isso não é ótimo para SEO pelos seguintes motivos:

 

  1. Suas imagens são efetivamente hospedadas em um domínio separado . Se alguém optar por incorporar uma das suas imagens e vincular a você, há uma chance de que elas vinculem à CDN . Isso significa que você perde um link.
  2. Isso pode causar problemas se você desejar alterar o provedor de CDN no futuro. Você terá que alterar (ou redirecionar) todos os URLs de sua imagem, etc.

 

Por esse motivo, recomendo configurar um registro CNAME . Pense nisso como um alias que pode ser usado em vez da URL feia que é atribuída a você pelo provedor CDN . Então, ao invés de xyz.cdnprovider.com , seu CDN pode ser cdn.yourdomain.com.

Leia este guia para aprender como configurar isso (e tudo o que você precisa saber sobre CDNs em geral).

 

https://woorkup.com/cdn-for-dummies/

 

 

 

 

PASSO A PASSO

 

 

Passo 1: Crie uma conta na CloudFlare e inclua seu site para trabalhar em SSL por ela. É gratuito! Você irá substituir o seu DNS atual pelo do CloudFlare. Aguarde a propagação do DNS que pode demorar algumas horas.

 

Passo 2: Use no seu WordPress o melhor plugin de cache e otimização do mercado. O único que tem integração API com a CloudFlare é o WP-Rocket–>> https://wp-rocket.me/. Caso possua apenas um website, você pode adquirir a licença single, que é a que tem melhor preço. Após a aquisição você poderá baixar o arquivo em .zip, fazer o upload e ativar no WordPress em plugins.

 

Passo 3: Agora, se o DNS já tiver sido propagado, você vai precisar ir até o Cloudflare para pegar suas credencias, que serão adicionadas na página do plugin. 1. Acesse My Profile. 2. View Global API Kei. Copie e cole o número do Global API, na página do plugin WP-Rocket. O plugin irá solicitar também a ZonaID que você irá conseguir na Home do CloudFlare.

 

Passo 4: Utilize o plugin de otimização de imagens: “ImagiFy” e faça a otimização de todas as imagens. Dentro do próprio WordPress, faça o download, ative-o e cadastre a sua conta gratuita. Depois, faça a otimização automática, em massa, das suas imagens. Para que as alterações surtam efeito, pode ser necessário limpar o cache do WordPress e CloudFlare. Para isso será necessário ir até a opção conforme o print e execute “Limpar Cache”. Aguarde a confirmação. Depois, vá em “Limpar Cache do Cloudflare” e aguarde a confirmação.

 

Passo 5: Será necessário voltar no painel do Cloudflare e marcar as seguintes opções:

– Em Speed, AutoMinify, marque JavaScript, CSS e HTML

– Ainda em Speed marque “Brotli” ON.

– Ainda em Speed marque “Rocket Loader™” On.

– Já na aba Caching, configure da seguinte forma: “Caching Level” = Standard.

– Ainda na aba Caching>> “Browser Cache Expiration” = Respect Existing Headers

Leave a Replay

Sobre a Solution Marketing

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Saiba mais...

Curta @Solution.Marketing

Compatilhe essa idéia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Assine nossa newsletter e fique por dentro.